suculentas

Como Evitar as Cochonilhas

Ao adquirir uma nova planta, antes de misturá-la com as outras, faça uma vistoria para ver se não encontra nenhum inseto, ovos ou larvas.

Mesmo que não tenha nada aparentemente, é recomendado deixar essa planta em quarentena, separada das outra plantas. Veja também embaixo dos vasos, pois como é um local que fica mais úmido, pode ter alguns bichinhos indesejados.

Periodicamente (ideal seria semanalmente) você deve dar uma atenção especial observando principalmente em baixo das folhas e no caule se não há presença de bolinhas brancas, algumas vezes com aspecto semelhantes a algodão. Esses pontinhos brancos são as cochonilhas, insetos indesejáveis que se alimentam da seiva da planta e se não controlados deixam sua suculenta com uma péssima aparência que podem até morrer se não forem tratadas. Normalmente elas aparecem em plantas que ficam abrigadas da chuva, ou dentro de casa, ou ainda em áreas cobertas como áreas, estufas e jardins internos.

Para acabar com elas e evitar que apareçam novamente, é necessário fazer uma poda nas áreas mais afetadas e uma limpeza com uma escova de dentes, pincel ou cotonete, retirando as cochonilhas (é trabalhoso mas vale a pena).

Segue algumas receitinhas simples para eliminar as cochonilhas em uma planta afetada, ou então para evitar que apareçam, após fazer a limpeza manualmente:

Óleo Vegetal:
 Você pode utilizar o Oléo Dimy, Óleo de Neem, ou outro óleo vegetal.
Pulverize uma mistura de 10ml de óleo vegetal (Neem, Dimy ou outro) em 500ml de água.
Sabão de Coco ou Neutro:
 Misture de 10g de sabão neutro ou de coco ralado diluído em 1 litro de água quente, espere esfriar e borrife nas partes afetadas.

Quando a planta estiver com muitas cochonilhas aplique uma dessas misturas semanalmente por 1 mês. Após esse período, utilize de 15 em 15 dias para manutenção.

As joaninhas são predadores naturais das cochonilhas, então se encontrá-las no seu jardim é um bom sinal pois elas fazem esse controle para você.

Não aconselho o uso de inseticidas químicos, mas se for utilizar escolha os de baixa toxidade, pois esses produtos não acabam apenas com as pragas indesejadas, como também com todos o outros bichinhos que podem ser favoráveis como as joninhas, abelhas e até alguns passarinhos.

Além das cochonilhas mais comuns, podem aparecer também nas suas suculentas as cochonilhas de carapaça (parecem pequenos bezouros) e caramujos e lesmas.

Contra a cochonilha de carapaça, pode utilizar a mistura de óleo vegetal para exterminá-las. Já lesmas e caramujos, tem que ser por catação manual.

Além das pragas, os fungos e bactérias também podem ser bem perigosos para suas suculentas, e nesses casos o diagnóstico é bem mais complicado. Porém os fungos e bactérias só aparecem se o ambiente onde a planta está não estiver favorável, ou sejá, na maioria das vezes muito úmido.

Portanto, para suculentas sempre saudáveis, mantê-las em local ventilado, seco e ensolarado. É interessante adubá-las uma vez ao ano e sempre que observar a presença de bichinhos indesejáveis, faça a catação manual e o uso de algum produto natural que não

Lembrancinhas de Suculentas

A escolha das lembrancinhas para um evento é muito importante, afinal é o que vai fazer seus convidados lembrarem da festa por um bom tempo!

Tem que ser algo interessante, que surpreenda seus convidados. Dar qualquer coisa só por dar, é dinheiro jogado fora e muitas vezes lembrancinha jogada fora também!

As lembrancinhas de suculentas são uma opção muito charmosa. Além de decorar o evento, simbolizam a vida. O convidado vai sempre lembrar dos anfitriões com carinho enquanto acompanha o crescimento da sua plantinha <3

Sempre recebo perguntas com relação a quantidade de lembrancinhas. Para eventos menores é mais fácil de calcular, normalmente 1 por casal. Já em eventos maiores, para mais de 100 pessoas, costumo indicar 60% a 70% da quantidade de convidados. Por exemplo, para um evento com 120 convidados confirmados, 80 lembrancinhas costumam ser o suficiente. Agora, se sua festa tem mais solteiros, por exemplo, esse número pode aumentar um pouquinho.

Temos o maior prazer em fazer parte dos momentos especiais dos nossos clientes oferecendo lindos mimos para seus convidados em vários modelos e tamanhos. Todas as suculentas são selecionadas uma a uma para que seus convidados surpreendam-se ainda mais na hora de escolher a que irão levar para casa.

Além das lembrancinhas prontas, oferecemos também o KIT DIY de lembrancinhas!! Você recebe uma caixa com todo o material necessário para você mesmo montar suas lembrancinhas! E não se preocupe, pois junto enviamos um passo a passo explicativo com fotos. Vale pedir ajuda das madrinhas, padrinhos e amigos.

Para solicitar um orçamento, escreva para contato@belasuculenta.com

Veja um pouquinho mais do nosso trabalho:

fb lembrancinhas

Lembrancinhas de Maternidade

Chá da Olivia

Lembrancinhas de Chá de Bebêcópia de Untitled design (7)

Mini Terrário

bojudos Thaika

Lembrancinhas de Aniversário

Untitled design (8)

Mini Terrário

Untitled design (3)

Lembrancinhas de Casamento

lembrancinhas logo

lembrancinhas isa com logo

Untitled design

lembrancinhas isa com logo (1)

Lembrancinhas Bianca 2

COMO CUIDAR DA SUA SUCULENTA – Cuidados Básicos

Desde que comecei a trabalhar com suculentas até hoje, muitas pessoas vieram me contar (meio envergonhadas) que já conseguiram matar uma suculenta… Mas acreditem, matar uma suculenta é mais difícil do que mantê-la viva.

A regra para manter sua suculenta sempre linda e saudável é simples: Muito sol e pouca água. Só isso!

A maioria das suculentas prefere um ambiente árido, pois elas retém a água em seu caule, folhas ou raiz. Portanto é melhor você esquecer de regá-las de vez em quando do que ficar molhando com muita frequência. No verão uma rega por semana é o suficiente. No inverno, regue no máximo uma a duas vezes ao mês. Molhe apenas a terra evitando que a água caia sobre as folhas, pois elas podem apodrecer. Em recipientes que não tenham furos em baixo, como os terrários por exemplo, vale a pena regar com borrifador ou seringa para que não tenha risco de errar a mão na água.

Outro fator importante para nossas plantinhas é a quantidade de sol. Cactos e Suculentas precisam de bastante luminosidade, mas isso vai depender da espécie que você tem. A grande maioria delas vai muito bem com umas 4 horas de exposição ao sol direto. Outras preferem a luz indireta. Pesquise as espécies que vocês escolheu e ofereça o ambiente ideal. Mas a grande maioria funciona assim: quanto mais sol, mais linda!

Lembre sempre que a melhor maneira de cuidar bem de suas plantas é observando os sinais que ela está dando.

Por exemplo: suculentas que estão com aparência alongada, com as folhas afastadas, precisam de mais sol. Suculentas que estão perdendo o brilho nas folhas precisam de mais água. Se perceber que as folhas mais antigas (da parte de baixo) de sua suculenta estão secando, não se preocupe! É o ciclo natural dela.

Se ainda tiver com dúvidas sobre a saúde da sua suculenta, escreve pra mim!!